Jornada para a Terra dos Cornos, parte 3 (ou: O Rei do Cangaço está vindo!)

Uma história não pode ser maior que o conflito que a norteia. É o vilão, pelo contraste, que mostra o valor dos atos do herói. O protagonista não existe sem o antagonista. Sempre gostei de vilões complexos. Seria muito fácil criar um antagonista unidimensional, sem escrúpulos, que o leitor odiaria e desprezaria simplesmente porque o personagem não é retratado como um ser humano complexo. Para mim, vilões precisam parecer pessoas reais. Eles devem ter sentimentos, motivações e ideias reais, com as quais às vezes o leitor possa até mesmo se identificar. "Talvez ele esteja certo", podemos hesitar em pensar. Em duas semanas, quando a jornada de Zé Calabros começar, você conhecerá um nome q

Jornada para a Terra dos Cornos, parte 2 (ou: você verá Maravilhas!)

Faltam três semanas para você encontrar um mundo bem diferente. À primeira vista, as coisas parecerão arcaicas, paradas num tempo colonial. Anima, contudo, não é um mundo primitivo. Ao invés de tecnologia e medicina, outras ciências se desenvolveram por lá. E, conforme sua jornada pela "Terra dos Cornos" seguir, você encontrará pessoas capazes de feitos incríveis. Sacerdotes curam em nome de seus deuses, mandingueiros ameaçam seus inimigos com pestes e maldições, e feiticeiros, através de simples gestos, são capazes de conjurar mágicas poderosas. Como gente comum pode lidar com pessoas tão poderosas? Como nosso herói enfrentará tais desafios? Bom, ele não estará sozinho na jornada. Há um

Jornada para a Terra dos Cornos, parte 1 (ou: faltam 30 dias!)

Há cerca de uma década, não me recordo exatamente quando, eu acabava de rabiscar um sistema de regras de RPG e começava a planejar uma nova campanha. Só tinha certeza de duas coisas: seria um ambiente de fantasia heroica, e o nome do cenário seria Anima ("alma"). Chamei os jogadores, expliquei rapidamente a premissa e deixei-os imaginar livremente seus personagens em conceitos gerais. Aquilo daria origem a uma aventura grandiosa que durou mais de quatro anos, ao longo dos quais o rascunho de um mapa se tornou o embrião de um mundo com vida própria. Cada região visitada (ou apenas comentada) ganhou história e costumes, tecendo uma trama em que tudo se interligava. Dentre as muitas nações, est

Livro Atual
Zé Calabros na Terra dos Cornos
Categorias
Destaques
O Autor

Tiago Moreira

  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
Procure pelas Tags
Procure por Mês
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round

As Crônicas Anímicas

© 2016 Tiago Moreira