Nova área de comentários (e mais)

Opa, fim de ano! Ano novo, vida nova, certo? Alterei a área de comentários que se encontra abaixo das notícias e textos. Antes estava usando o plug-in do Facebook, agora passei para o DISQUS, que permite que você use seu perfil do Facebook, Twitter ou Google para logar e comentar. O DISQUS também me dará mais controle e ciência sobre o que é comentado. O plug-in do Facebook não estava me alertando sobre os comentários feitos. Aproveitando... Aproveitando essa atualização, lembro a todos que teremos Prévia do Capítulo 3 de Zé Calabros na Terra dos Cornos na sexta-feira, dia 06/01, e o Capítulo 3 será lançado na semana seguinte, dia 13/01. No Capítulo 3, a história começa a pisar no acelerad

Capítulo 2: Mandada pelo diabo

Capítulo 2 de "Zé Calabros na Terra dos Cornos". Quem é esse náufrago que Zé resgatou? Que tesouros e mistérios ele carrega? Que p

Onde o vento faz a curva e Judas perdeu as botas

Em meio à caatinga hostil que preenche a Cornália, uma área chama atenção por sua vegetação pujante: o Vale Verde. Situado entre os dois braços que se dividem do Rio Seu Chico, o Vale Verde sempre foi o coração da Terra dos Cornos. Em seu interior e arredores se situam as mais ricas fazendas de toda a região. São inúmeros assentamentos, a maioria pequenos demais para constar no mapa, mas não é coincidência que três das quatro grandes cidades da Cornália também se localizem ali. Curva do Vento, Bota do Judas e Santa Rita. Nascidas de fazendas antigas, essas cidades se desenvolveram muito mais do que a maioria dos assentamentos da Cornália. Cada uma é um símbolo de segurança e prosperidade, co

Prévia: Capítulo 2

​Para quem não aguenta esperar, eis a primeira cena do Capítulo 2: Mandada pelo Diabo. O capítulo integral estará disponível para leitura na

A jornada começou!

Ufa! Devo admitir, acordei bem mais descansado neste sábado, após finalmente começar a publicar a história. Dá uma certa tranquilidade saber que finalmente a jornada começou. Escrevo este texto espontaneamente, não planejava fazê-lo. Acabei de agendar o Capítulo 2 (dia 30!) e aproveitei para também escrever esta mensagem e conversar com vocês. Para os próximos dias, o plano é o seguinte: - Capítulos: Um novo capítulo será publicado nas sextas-feiras, a cada duas semanas (Capítulo 2 está agendado para o dia 30; Capítulo 3 estará disponível em 13/01/17, e assim em diante). - Prévias de Capítulos: Para manter a empolgação, nas sextas-feiras intermediárias devo colocar uma prévia do capítulo seg

Capítulo 1: Vazios por dentro

Capítulo 1 de "Zé Calabros na Terra dos Cornos". O errante Zé Calabros lembra-se do passado. Mas, ao salvar um náufrago misterioso

Prólogo: O dia em que eles vieram...

Aqui começa a história de "Zé Calabros na Terra dos Cornos". Zequinha desperta para um dia de brincadeiras, mas ele não imagina qu

É amanhã! E este é um convite a VOCÊ!

Isto é um convite a você. Há cerca de quatro ou cinco anos, tive vontade de voltar a escrever. Minhas obras anteriores, Magna Veritas, Coletâneas de Meinhard e Ao Cair da Noite, voltadas ao público de RPG, estavam infelizmente abandonadas. Desta vez, eu quis fazer algo bem diferente. Algo mais simples, que as pessoas pudessem ler sem precisar do conhecimento prévio de um cenário cheio de minúcias. Esse era o problema dos contos e romances para RPG: eles não tinham o mesmo significado para quem não acompanhava os jogos. Meu objetivo era escrever uma história engrandecedora, que não fosse apenas uma aventura cheia de ação, mas que tivesse coração e alma. Queria fazê-la politicamente incorreta,

Jornada para a Terra dos Cornos, parte 4 (ou: Carregando o mundo nas costas)

O que é um herói? Ou, talvez, o correto seja perguntar: o que cria um herói? É a abnegação? A pura convicção moral? Não. Heróis são humanos, cheios de falhas e vícios. Seus objetivos nem sempre são nobres, podem ser egoístas. Então o que é? O destino? A sorte? Nada disso. Heróis são forjados pelas necessidades e temperados pelas agruras. Eles se erguem acima dos demais porque se mantêm em pé, não importando o peso sobre seus ombros. Mas há algo mais que forma um herói. Por mais egoísta e falho que seja, o herói sacrifica a si mesmo antes de cogitar sacrificar outrem. Ele está disposto a sofrer, mas não a espalhar sofrimento. Com sua resiliência e força de vontade, heróis nos in

Livro Atual
Zé Calabros na Terra dos Cornos
Categorias
Destaques
O Autor

Tiago Moreira

  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round
Procure pelas Tags
Procure por Mês
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round

As Crônicas Anímicas

© 2016 Tiago Moreira