• Tiago Moreira

Tramas da Corte Dragonina, parte 2


Tramas da Corte Dragonina, Parte 2
Miniaturas feitas com Heroforge™

O império da lei

"Preciso ir a Dragona", Mara'iza informou, provando o café. O gosto pareceu agradá-la. "Era o destino de meu navio, mas eu... caí no mar."

Desde o princípio de Zé Calabros na Terra dos Cornos, nosso objetivo era alcançar o "reino dos dragões". Enfim, no segundo livro da saga, nossos heróis chegam a seu destino.


Na verdade, quando você começar a ler O Sombra Mascarado do Reino dos Dragões, notará que os primeiros parágrafos de seu prólogo são iguais aos últimos do Conto Extra ao fim da aventura anterior. Conforme Mara'iza nos explica, ela e Zé Calabros chegam a uma terra muito diferente daquela que deixaram:

"Estamos agora na civilização, ogro!", ela respondeu num tom zombeteiro. "Duvido que tenhamos grandes perigos à frente. Aqui, há a força da lei e a autoridade de um rei!"

Com certeza, Dragona não é como a Cornália. Onde esta é controlada por vários coronéis independentes, aquela é um grande império unificado sob uma única coroa. Na terra dos cornos, as maiores ameaças à paz eram os cangaceiros unidos sob Severino Barriga D'Água, o Rei do Cangaço. No reino dos dragões, contudo, reina a lei e a ordem.


O que não significa que nossos heróis estejam a salvo.


Lei e ordem nem sempre correspondem a justiça e paz. E um único rei não é o mesmo que um único governante. Os conflitos em Dragona ocorrem nas sombras, motivados por influência pública e interesses particulares. Há no reino um ditado popular: "Não desperte o dragão". É um alerta para não se colocar no caminho de gente poderosa.


Porém, os recém-chegados Zé Calabros e Atsumi Mara'iza, mesmo que despreparados para lutar nessa arena, inevitavelmente se verão no cerne nela. Os resultados dessa imprudência podem ser terríveis: "Pela coroa e pela nação", também dizem os dragoninos, cheios de fervor patriótico. Ameaças ao reino não são toleradas, sob o risco de se atrair toda a ira dele.


Na Cornália, nossos heróis derrotaram as forças do Rei do Cangaço, mas estariam eles aptos a enfrentar os infindos exércitos da coroa dragonina? Infelizmente, esta é uma batalha que não têm como vencer.

Aventura atual
Capa-pequeno.jpg
Compre no Clube de Autores
Compre na Amazon
Posts Recentes
Categorias
Procure por Tags